Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Presidente da FNP, Edvaldo se reúne com ministro da Saúde e pede agilidade na liberação da 5ª dose da vacina
01/12/2022 08:19 em Últimas Notícias
Presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), o prefeito Edvaldo Nogueira se reuniu, nesta quarta-feira, 30, com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em Brasília. Durante a audiência, da qual também participaram os prefeitos de Ribeirão Preto (SP), Duarte Nogueira, e de Campinas (SP), Dário Saadi, eles trataram sobre o aumento de casos de covid-19 nos municípios brasileiros e sobre a aplicação da terceira dose de reforço da vacina na população adulta, além da vacinação das crianças acima de seis meses.
 


“O aumento de casos confirmados de pessoas infectadas pela covid-19 é algo que tem preocupado a nós, gestores municipais. Estamos vivendo um novo momento do vírus, hoje já sabemos lidar melhor com a doença, temos expertise, mas é preciso agir rapidamente para que a gente mantenha o controle do vírus. Por isso, é necessário saber quando teremos mais doses da vacina, já que em muitas cidades os imunizantes acabaram. Aproveitamos para reforçar o nosso apelo, para que a aplicação da quinta dose, a terceira de reforço, ocorra o mais breve possível, assim como as vacinas para as crianças acima de seis meses também”, destacou Edvaldo.

Aos dirigentes da FNP, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que, sobre a quinta dose de reforço, “técnicos do ministério irão se reunir e uma nota deverá ser emitida, dando detalhes”. Com relação à vacina para crianças acima de seis meses, Queiroga disse que “a orientação é vacinar apenas a população com comorbidades dessa faixa etária”.

O representante do governo federal também esclareceu sobre a imunização bivalente, já aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). De acordo com ele, a vacinação nesta modalidade “está sendo avaliada pelo Ministério”. “Até o dia 15 de dezembro teremos uma nota técnica sobre o plano de vacinação para 2023”, explicou Marcelo Queiroga ao destacar que a Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec) deve abrir consulta pública sobre o imunizante.

O prefeito de Campinas, Dário Saadi, reforçou a responsabilidade dos prefeitos em esclarecer à população como se dará as próximas fases da campanha de vacinação contra a covid-19. “Nós temos a obrigação de orientar, de recomendar máscara em lugares fechados, quando os casos aumentam, de tomar medidas e para isso, contamos com as informações do Ministério”, completou.

Além de Edvaldo e dos prefeitos de Campinas e Ribeirão Preto, também participaram da audiência o secretário-executivo da FNP, Gilberto Perre, a assessora técnica da FNP, Aline Martins, o assessor do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Rodrigo Lacerda e o chefe de Gabinete do prefeito de Aracaju, Hallison Souza.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!